3 de novembro de 2012

Perdão - liberta o prisioneiro



         Quantas pessoas viveriam hoje outra realidade se colocassem o perdão em prática. Quantos fardos cairiam das costas, quanta amargura seria deixada de lado,  se tão somente perdoassem.

“Uma vez ouvi um rabino imigrante fazer uma declaração espantosa. ‘Antes de vir para a América, precisei perdoar Adolf Hitler’, ele disse. ‘Eu não queria trazer Hitler dentro de mim para meu novo país”. Philip Yancey (Maravilhosa graça p 104)
“A primeira e geralmente única pessoa a ser curada pelo perdão é a pessoa que perdoa... quando genuinamente perdoamos, libertamos um prisioneiro e então descobrimos que o prisioneiro que libertamos éramos nós”. Lewis Smedes
“Aquele que não pode perdoar destrói a ponte sobre a qual ele mesmo tem de passar”. George Herbert



Nenhum comentário:

AS QUATRO ESTAÇÕES DO CASAMENTO - OUTONO (RESUMO)

O cair das folhas é uma analogia oportuna com o que acontece na estação do outono no casamento. No inicio do outono, o casamento pa...