24 de abril de 2012

Salto alto apenas no pé, não na cabeça.



         
                Como toda mulher, adoro um salto alto. A roupa pode até não estar legal, mas quando a gente põe um salto, tudo muda. Nada de errado em subir num salto, ficar bonita. O erro é usar o salto errado, ou seja, o salto da arrogância, do orgulho, da insensibilidade, do preconceito, da mesquinharia, da omissão...
          Quando eu coordenava um projeto social no interior do Ceará costumava enfatizar para o meu pequeno grupo de mulheres que o errado não é subir no salto, mas não conseguir descer dele. Tem gente dentro da igreja que não consegue se envolver nas causas sociais por se sentir importante demais, ou ocupados demais para gastar tempo, dinheiro e talento com uma criança carente ou  uma mãe que passou o dia na rua, debaixo de um calor infernal catando material reciclável para sustentar a casa. Como eu admiro essas mulheres! Tive o privilégio de conhecer algumas dessas guerreiras “catadoras de lixo”.
          Às vezes ficava observando a igreja no domingo. Tão bonita! Bem arrumada, afinada, sorridente, amável. Por que brilhar tanto entre quatro paredes? Já pensou se durante a semana toda essa força descesse para fazer a diferença lá nas periferias, nos projetos sociais, ONGs, associações, seja através do tempo, talento, doações, orações, etc.?  Mas é difícil descer do salto da posição social, do comodismo para servir aos carentes, onde não há holofotes e sim muito serviço. Ai eu ficava matutando, será que a igreja conhece verdadeiramente a Jesus de Nazaré? Quando louvam, leem a Bíblia, vão os cultos, oram, será que sabem o que estão fazendo? “Seja a atitude de vocês a mesma de Cristo Jesus, que, embora sendo Deus, não considerou que o ser igual a Deus era algo a que devia apegar-se; mas esvaziou-se a si mesmo, vindo a ser servo, tornando-se semelhante aos homens, e sendo encontrado em forma humana, humilhou-se a si mesmo e foi obediente até a morte, e morte de cruz!” (Filipenses 2:5-8).


2 comentários:

rosita disse...

Tudo isto é a mais PURA VERDADE!!!!
Saudades... Bjs.

Lécia Salles disse...

Rosita querida, obrigada pela visita.
Bjs

AS QUATRO ESTAÇÕES DO CASAMENTO - OUTONO (RESUMO)

O cair das folhas é uma analogia oportuna com o que acontece na estação do outono no casamento. No inicio do outono, o casamento pa...