27 de julho de 2014

DEUS ME VÊ




“...Não posso ver o menino morrer. Sentada ali perto começou a chorar...” V 16

Que mãe não choraria,  vagando pelo deserto sem comida, sem água, sem teto, sem nem mesmo ter onde reclinar a cabeça e com um filho chorando com sede e fome? Foi isso que Hagar fez, deixou o filho a certa distância, talvez para que ele não a visse chorar, e lamentou  a sua desgraça.

Hagar, uma escrava egípcia, escorraçada da casa onde servira por tantos anos, encontrava-se sem teto e sem comida, sem destino, até que no meio do desespero, ouve a voz da esperança: “O que a aflige, Hagar? Não tenha medo; Deus ouviu o menino chorar, lá onde você o deixou. Levante o menino e tome-o pela mão, porque dele farei um grande povo". (Gênesis 21:17-18).  Tudo o que ela precisava era de alguém que se importasse com a sua condição e Deus se importou. Ele abriu os olhos de Hagar que enxergou um poço ali perto que veio a se chamar “o poço do Deus vivo que me vê”.  Deus me vê! Você tem consciência disso? De que não está só no universo, mas debaixo dos olhos daquele que está atento: “Pois os olhos do Senhor estão atentos sobre toda a terra para fortalecer aqueles que lhe dedicam totalmente o coração” 2 Crônicas 16:9.
Hagar sentou-se, chorou e pensou que iria morrer, ela não enxergou luz no final do túnel. Fora despedida por Sara e Abrão, com apenas um pouco de comida e um pouco de água. Quantas vezes nos encontramos assim, sem esperança, mas o Deus de misericórdia veio em seu socorro, e estendeu a mão para mãe e filho e ofereceu a vida. Ele também se mostra presente em nossas vidas em todos os momentos dizendo “não é o fim”, “não temas”,  “ eu estou convosco todos os dias”.
Você consegue ouvir Deus no deserto em que se encontra?  “O que a aflige, Hagar? (coloque o seu nome no lugar do de Hagar) Não tenha medo...” .  Deus enviou um anjo para socorrer Hagar no momento mais desesperador de sua vida, Ele não vai abandonar você - “Entregue o seu caminho ao Senhor; confie nele, e ele agirá.” Salmo 37:5 “...Se alguém tem sede, venha a mim e beba. Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva".  João 7:37-38
Creia!










Nenhum comentário:

AS QUATRO ESTAÇÕES DO CASAMENTO - OUTONO (RESUMO)

O cair das folhas é uma analogia oportuna com o que acontece na estação do outono no casamento. No inicio do outono, o casamento pa...